segunda-feira, maio 25, 2009


Orquídea Epidendrum


Marcadores:














Epidendrum é um gênero que ocorre nas Américas, do México ao Brasil. É também conhecida como "orquídea estrela" ou "orquídea crucifixo". Trata-se de um grande gênero de orquidáceas com aproximadamente 1,100 espécies, alguns botânicos se referem a ela como um mega-gênero.

É um dos grupos de orquídeas mais interessantes em se cultivar. Recompensa o cultivador com frequentes florações de cores variadas e tem boa resistência a temperaturas altas e baixas, podendo suportar bem períodos de prolongada exposição ao sol.

Criado por Lineu (Carolus Linnaeus) em 1754, o gênero Epidendrum incluía todas as orquídeas epífitas conhecidas na botânica européia. Podia-se usar a etimologia do gênero para classificar todas as plantas epífitas. Hoje, nenhuma das espécies que Lineu usou para criar o gênero pertence ainda ao grupo Epidendrum.

Há grande ocorrência no Perú, entre os mil e três mil metros de altitude o que faz do Perú, Equador e Colombia os países com mais espécies deste gênero. Estima-se que a maior parte de espécies de Epidendrum se encontram na Cordilheira dos Andes, na forma terrestre ou epífita.

Os cientistas calculam que existam cerca de duas mil espécies de Epidendrum em toda América, desde a Carolina do Norte nos Estados Unidos até Bolívia, Argentina e Chile.

Epidendros variam muito no tamanho e aparência, fator este que dificulta muito sua identificação por leigos ou até especialistas. Produzem flores com o labelo com variadas cores.

Também variam muito nos tamanhos das flores. Elas crescem em inflorescências racemosas. As flores apicais, laterais ou basais são geralmente de tamanho pequeno a médio indo desde ½ centímetro até uma polegada.

Grande número de espécies apresentam um néctar de forte fragrância. Seus principais agentes polinizadores são a mariposa diurnas e noturnas e o beija-flor que costuma visitar algumas espécies.

A maioria das espécies de Epidendrum precisam de temperaturas quentes ou médias para cultivo. Mesmo assim, existem algumas espécies que parecem se adaptar bem a regiões mais frias. Geralmente o cultivo destas plantas é feito em vasos.

Em algumas regiões sub-tropicais da Nova Zelândia, orquídeas deste gênero florescem durante quase todo o ano.

Calcula-se em 2.000 espécies mas destas 1,100 já estão aceitas e o restante são sinônimos de outras espécies. Mais de 1.000 sairam para formar um novo genêro, como Barkeria, Dimerandra, Encyclia, Oerstedella, Psichylus and Nanodes. De qualquer forma o número de espécies estimado é 2.000, muitas ainda terão de ser descritas. Mais de 400 espécies foram descritas por Eric Hágsater e sua equipe.

Para conferir uma lista de espécies descritas neste gênero, visite o link The Botanical System of the Plants

Epidendrum EPIDENDRUM vive bem na meia-sombra, porém sabe-se que tolera bem períodos prolongados de exposição ao sol.

Epidendrum
O GÊNERO tem aproximadamente duas mil espécies em toda América.

Epidendrum filicaule
Epidendrum filicaule é uma orquídea de beleza discreta e suave.
> foto: Carlo A. Zaldini - Biólogo

0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t