segunda-feira, novembro 30, 2009


Fotos de Orquídeas


Marcadores:
Fonte: Orquidea.base33





  • Acianthera pectinata

    Acianthera pectinata alba

    Alaticaulia sp

    Angulocaste (A uniflora x L dowiana)

    Angulocaste (A uniflora x L dowiana)

    Angulocaste (A uniflora x L dowiana)

    Angulocaste (A uniflora x L dowiana)

    Angulocaste (A. uniflora x L. dowiana)

    Angulocaste (A. uniflora x L. dowiana)

    Angulocaste (A. uniflora x L. dowiana)

    Angulocaste (A. uniflora x L. dowiana)

    Arundina alba

    Arundina bambusifolia

    Arundina bambusifolia

    Bc. Pastoral Innocence

    Bifrenaria stephanae

    Blc Chia Lin New City

    Blc Chia Lin New City

    Blc Deep Waters Second Chance

    Blc Deep Waters Second Chance

    Blc Deep Waters Second Chance

    Blc Deep Waters Second Chance

    Blc Delta King Tangerglow

    Blc Delta King Tangerglow

    Blc Delta King Tangerglow

    Blc Dream Paradise Temptation

    Blc Dream Paradise Temptation

    Blc Goldenzelle Lemon Chiffon

    Blc Goldenzelle Lemon Chiffon

    Blc Goldenzelle Lemon Chiffon

    Blc Goldenzelle Lemon Chiffon

    Blc Goldenzelle Saddle Peak

    Blc Goldenzelle Saddle Peak

    Blc Oconee Mendenhall

    Blc Oconee Mendenhall

    Brassia longissima

    Brassia orange delight

    Brassia sp

    Bulbophyllum lobbii

    Bulbophyllum lobbii

    Burrageara Stefan Isler

    Calanthe rubens

    Calanthe vestita

    Catasetum denticulatum x Catasetum complanatum

    Catasetum Egel Perazolli

    Catasetum pileatum

    Catasetum planiceps

    Cattleya (Ampere x loddigesii)

    Cattleya (Ampere x loddigesii)

    Cattleya (Ampere x loddigesii)

    Cattleya (Ampere x loddigesii)

    Cattleya (Ampere x loddigesii)

    Cattleya amethystoglossa tipo Kika

    Cattleya amethystoglossa tipo Kika

    Cattleya amethystoglossa tipo Kika

    Cattleya amethystoglossa tipo Magna

    Cattleya amethystoglossa tipo Magna

    Cattleya amethystoglossa tipo Magna

    cattleya bicolor brasiliensis

    Cattleya chocoensis tipo

    Cattleya chocoensis tipo

    Cattleya chocoensis tipo

    Cattleya chocoensis tipo

    Cattleya dolosa Prado

    Cattleya dolosa Prado

    Cattleya forbesii

    Cattleya forbesii albina Guaratiba

    Cattleya forbesii albina Guaratiba

    Cattleya forbesii de labelo rosado

    Cattleya forbesii Ilha d'água

    Cattleya forbesii Ilha d'água

    Cattleya forbesii Ilha d'água

    Cattleya forbesii Pontal do Sul

    Cattleya guatemalensis

    Cattleya guatemalensis

    Cattleya guatemalensis

    Cattleya guatemalensis

    Cattleya guatemalensis

    Cattleya guatemalensis

    Cattleya guatemalensis alba

    Cattleya guatemalensis alba

    Cattleya guatemalensis alba

    Cattleya guatemalensis alba

    Cattleya Horace Maxima

    Cattleya Horace Maxima

    Cattleya intermedia

    Cattleya intermedia coerulea

    Cattleya intermedia coerulea aquinii

    Cattleya intermedia coerulea aquinii

    Cattleya intermedia orlata flammea

    Cattleya intermedia orlata flammea

    Cattleya intermedia orlata Maxima

    Cattleya Labiata Amethistina

    Cattleya loddigesii

    Cattleya loddigesii alba

    Cattleya loddigesii Carina

    Cattleya loddigesii Carina

    Cattleya loddigesii punctata Ademar Manarini

    Cattleya loddigesii punctata Ademar Manarini

    Cattleya loddigesii punctata Martinelli

    Cattleya loddigesii punctata Martinelli

    Cattleya loddigesii tipo Aranda-A

    Cattleya loddigesii tipo Aranda-A

    Cattleya loddigesii Tony Boss

    Cattleya Lodiggesii Alba

    Cattleya lueddemanniana alba Fagnani

    Cattleya lueddemanniana alba Fagnani

    Cattleya lueddemanniana coerulea (Siquisique x Amparo)

    Cattleya lueddemanniana coerulea (Siquisique x Amparo)

    Cattleya lueddemanniana tipo #331

    Cattleya lueddemanniana tipo #331

    Cattleya lueddemanniana tipo #331

    Cattleya lueddemanniana tipo escura Grieco

    Cattleya nobilior amaliae Yobukan

    Cattleya nobilior amaliae Yobukan

    Cattleya nobilior amaliae Yobukan

    Cattleya nobilior Fatal Attraction

    Cattleya nobilior Fatal Attraction

    Cattleya nobilior King of Kings

    Cattleya nobilior King of Kings

    Cattleya nobilior King of Kings

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Carla Porto

    Cattleya percivaliana tipo Summit

    Cattleya percivaliana tipo Summit

    Cattleya percivaliana tipo Summit

    Cattleya Portia coerulea Prima

    Cattleya Portia coerulea Prima

    Cattleya Portia coerulea Prima

    Cattleya schilleriana tipo "

    Cattleya schilleriana tipo "

    Cattleya Sierra Blanca Mount Withney

    Cattleya Sierra Blanca Mount Withney

    Cattleya Sierra Blanca Mount Withney

    Cattleya skinneri albescens

    Cattleya skinneri albescens

    Cattleya skinneri coerulescens Orchidglade

    Cattleya skinneri coerulescens Orchidglade

    Cattleya skinneri coerulescens Orchidglade

    Cattleya Sonia Altenburg Mariz

    Cattleya Sonia Altenburg Mariz

    Cattleya Sonia Altenburg Mariz

    Cattleya Sonia Altenburg Mariz

    Cattleya trianae

    Cattleya trianae

    Cattleya trianaei alba Claro de Luna

    Cattleya trianaei alba Claro de Luna

    Cattleya trianaei amesiana

    Cattleya trianaei amesiana

    Cattleya trianaei amesiana

    Cattleya trianaei amesiana

    Cattleya trianaei amesiana

    Cattleya trianaei amesiana

    Cattleya trianaei coerulea pincelada Blue Flare

    Cattleya trianaei coerulea pincelada Blue Flare

    Cattleya trianaei coerulea pincelada Blue Flare

    Cattleya trianaei coerulea pincelada Blue Flare

    Cattleya trianaei coerulea pincelada Blue Flare

    Cattleya trianaei coerulea pincelada Blue Flare

    Cattleya trianaei concolor Schroderae

    Cattleya trianaei concolor Schroderae

    Cattleya trianaei concolor Schroderae

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei concolor Suamena

    Cattleya trianaei rubra Sangre de Toro

    Cattleya trianaei rubra Sangre de Toro

    Cattleya trianaei semi-alba Alan

    Cattleya trianaei semi-alba Alan

    Cattleya trianaei semi-alba Alan

    Cattleya trianaei semi-alba Alan

    Cattleya violacea Muse

    Cattleya violacea Muse

    Cattleya violacea Muse

    Cattleya walkeriana

    Cattleya walkeriana alba Noiva da Colina

    Cattleya walkeriana caerulea "

    Cattleya walkeriana caerulea "

    Cattleya walkeriana coerulea

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana semi-alba Guile-Guile

    Cattleya walkeriana tipo "

    Cattleya walkeriana tipo "

    Cattleya_(Ampere_x_loddigesii)

    cattleya_granulosa

    Cirrhopetalum lasiochilum

    Cirrhopetalum lasiochilum

    Clowesia rosea Bauru

    Clowesia rosea Bauru

    Clowesia rosea Bauru

    Coelandra glomerata

    Coelogine

    Coelogine cristata 1024x768

    Coelogine cristata 1280x1024

    Coelogine cristata 1440x900

    Coelogine cristata 1920x1200

    Coelogyne viscosa

    Cymbidium

    Cymbidium ensifolium

    Cymbidium full yellow 1024x768

    Cymbidium full yellow 1280x1024

    Cymbidium full yellow 1440x900

    Cymbidium full yellow 1920x1200

    Dendrobium Bigbbum (atual) ou Dendrobium Phalaenopsis (antigo)

    Dendrobium coerulea - 1440 x 900

    Dendrobium coerulea - 1440 x 900

    Dendrobium coerulea - 1920 x 1200

    Dendrobium coerulea- 1280 x 1024

    Dendrobium coerulea-1024x768

    Dendrobium Moliniforme

    Dendrobium moschatum

    Dendrobium nobile

    Dendrobium stardust rainbow dance

    Dendrobium tetragonum x Dendrobium Pewee

    Dendrobium_coerulea-1024x768

    Dendrochillum

    Dendrochilum glumaceum

    Dendrochilum glumaceum

    Dendrochilum tatifolium

    Dendrochilum tatifolium

    Dendrochilum tatifolium

    Doritis pulcherrima

    Encyclia cordigera Santana

    Encyclia cordigera Santana

    Encyclia cordigera Santana

    Encyclia gallopavina

    Encyclia gallopavina

    Encyclia gallopavina

    Encyclia granitica

    Epidendrum revolutum

    Epidendrum vesicatum

    Gongora Bufonia

    Hibrido: C. forbesii x C h.

    Hoffmannseggella endsfeldzi

    Hoffmannseggella endsfeldzi

    Isabelia virginalis

    Isabellia violacea

    Isabellia violacea

    Isabellia violacea

    Isabellia violacea

    Isabellia violacea

    L Rubin

    Labelo L. anceps x c. percivaliana - 1024 x 768

    Labelo L. anceps x c. percivaliana - 1024 x 768

    Labelo L. anceps x c. percivaliana - 1280 x 1024

    Labelo L. anceps x c. percivaliana - 1280 x 1024

    Labelo L. anceps x c. percivaliana - 1440 x900

    Laelia (Hoffmannsegguella) xbertoi

    Laelia (Hoffmannsegguella) xbertoi

    Laelia (Hoffmannsegguella) xbertoi

    Laelia (Hoffmannsegguella) xbertoi - vaso 1

    Laelia (Hoffmannsegguella) xbertoi - vaso 2

    laelia anceps

    Laelia anceps x Cattleya percivaliana

    Laelia anceps x Cattleya percivaliana

    Laelia anceps x Cattleya percivaliana - 1440 x 900

    Laelia anceps x Cattleya percivaliana - 1440 x 900

    Laelia anceps x Cattleya percivaliana - 1940 x 1200

    Laelia harpophylla

    Laelia harpophylla

    Laelia harpophylla do Caliman

    Laelia harpophylla do Caliman

    Lc (Ana Paola x Beatriz Kunning)

    Lc (Ana Paola x Beatriz Kunning)

    Lc (Ana Paola x Beatriz Kunning)

    LC aloha case caerulea

    Lc Bonanza Queen Panamint

    Lc Bonanza Queen Panamint

    Lc Chocotome Gold

    Lc Irene Finney York AM/AOS

    Lc Irene Finney York AM/AOS

    Lc Linda Han Digger

    Lc Melody Fair Carol

    Lc Melody Fair Carol_ HCCxAOS

    Lc Melody Fair Carol_ HCCxAOS

    Lc Nobiles Blue coerulea

    Lc Nobiles Blue coerulea

    Lc Nobiles Blue Star coerulea

    Lc Nobiles Blue Star coerulea

    Lc Susan Holguin - 1024x768

    Lc Susan Holguin - 1280 x 1024

    Lc Susan Holguin - 1440 x 900

    Lc Susan Holguin - 1920 x 1200

    Lc Tropical Trick

    Lc Tropical Trick

    Lc. Stephen Oliver Fouraker

    Lctna Flying Colors Mendenhall

    Lctna Flying Colors Mendenhall

    Leptotes bicolor

    Ludisia discolor

    Lycaste mattogrossensis

    Lycaste mattogrossensis

    Lycaste mattogrossensis

    Lycaste mattogrossensis

    Maxilaria setigera 1024x768

    Maxilaria setigera 1280x1024

    Maxilaria setigera 1440x900

    Maxilaria setigera 1920x1200

    Maxillaria chrysantha

    Maxillaria setigera

    Maxillaria setigera

    Maxillaria setigera

    Miltonia Candida

    Miltonia candida

    Miltonia Candida

    Miltonia candida

    Monomeria barbata

    Mormolyca cleistogama

    Octomeria juncifolia

    Oncidium

    Oncidium ornithorhynchum

    Oncidium Twinckle

    Oncidium varicosum var Felicio Baldim

    Oncidium varicosum var Felicio Baldim

    Oncidium varicosum var Felicio Baldim

    Oncidium varicosum var Felicio Baldim

    Oncidium_flexuossum

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia aquinii

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya nobilior amaliae

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya nobilior Fatal Attraction

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya amethystoglossa coerulea

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya amethystoglossa coerulea

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya amethystoglossa coerulea - premiação

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia - conjunto sul do Brasil

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia aquinii orlata caerulea

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia flamea orlata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia flamea orlata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia marginata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia orlata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia orlata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya intermedia orlata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya nobilior

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya nobilior

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya nobilior amaliae

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya schilleriana tipo

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya schilleriana tipo

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya schilleriana tipo

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya schilleriana tipo

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya schilleriana tipo - premiação

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya violacea Muse

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya violacea tipo

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya walkeriana tipo Athena

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya warneri purpureo striata

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya warneri semi-alba

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya warneri tipo Jacigua

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya Whitei folha

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya Whitei rubra

    OrquidaRIO 2008 - Cattleya Whitei tipo

    OrquidaRIO 2008 - Laelia jongheana alba Caliman

    OrquidaRIO 2008 - Laelia jongheana alba Caliman

    OrquidaRIO 2008 - Stand Aranda - Paphiopedillum

    OrquidaRIO 2008 - Stand Aranda - Phragmipedium

    Paphiopedilum

    Paphiopedilum

    Paphiopedilum

    Paphiopedilum

    Paphiopedilum apletonianum

    Paphiopedilum apletonianum

    Paphiopedilum aurea

    Paphiopedilum callosum var

    Paphiopedilum Emerald Sea

    Paphiopedilum Esmerald

    Paphiopedilum Esmerald Sea

    Paphiopedilum godefroyae

    Paphiopedilum hibrido

    Paphiopedilum hibrido

    Paphiopedilum hibrido

    Paphiopedilum hibrido

    Paphiopedilum hibrido

    Paphiopedilum Honey

    Paphiopedilum insigne

    Paphiopedilum insigne

    Paphiopedilum insigne margentum

    Paphiopedilum Leeanum

    Paphiopedilum Leeanum

    Paphiopedilum liemianum

    Paphiopedilum Tokyo Excellence

    Paphiopedilum venustum x sib

    Paphiopedilum wilhelminiae

    Paphiopedilum Willow Crest

    Paphiopedilum Winston Churchill

    Phalaenopsis

    Phalaenopsis

    Phalaenopsis (Dtps) Ever-Spring Prince Black

    Phalaenopsis UH-OH

    Phalaenopsis UH-OH

    Phayus - 1024x768

    Phayus - 1280x1024

    Phayus - 1440x900

    Phayus - 1920 x 1200

    Phragmipedium

    Phragmipedium Sedenal Maria

    Pot. William Farrell Pastel Parade

    Pot. William Farrell Pastel Parade

    Pot. William Farrell Pastel Parade

    Pot. William Farrell Pastel Parade

    Pseudolaelia dutrae

    SCHOMBOCATTLEYA

    Slc Final Touch Mendenhall

    Slc Final Touch Mendenhall

    Slc Final Touch Mendenhall

    Slc Hazel Boiyd Sunset

    SLC rubra - 1024 x 768

    SLC rubra - 1024 x 769

    SLC rubra - 1440 x 900

    SLC rubra - 1920 x 1200

    SLC rubra - 1920 x 1200

    Slc Tutankamen Pop

    Slc Tutankamen Pop

    Slc. Final Touch Mendenhall

    Stanhopea annulata

    Video Cattleya Labiata

    Zigopetalum crinitum

    Zygopetalum Redvalle Pretty Ann

    Zygopetalum Redvalle Pretty Ann

    Zygopetalum_Redvalle__Pretty_Ann_,_01_(ID)_2008

    Zygopetalum_Redvalle__Pretty_Ann_,_02_(ID)_2008


  • Laelia Anceps
    Hoje, minha amiga Sandra me deu uma muda de seu cultivo da Laelia Anceps.
    Estou superfeliz com mais essa adição de uma orquídea violácea tão bonita.

    Eis o que a internet nos dá de informação sobre essa espécie:

    FLORES QUE CHEGAM COM O FRIO!

    (Laelia anceps)


    L. anceps “Lapurpurata”

    Tendo em vista que as or­quídeas de nossas espéci­es nativas, mais comuns florescem na primavera (Cattleya intermedia, Laelia purpurata), é muito natural que o co­lecionador busque espécies cujo pe­ríodo floral seja o outono e inverno, para evitar aqueles tristes perío­dos sem flores no orquidário. Digo triste porque é assim que me sinto quando entro no orquidário e não vejo nenhuma flor. Felizmente há muitos anos isso não ocorre. Basta uma dú­zia de plantas de algumas espé­cies selecionadas e você terá flo­res durante o ano inteiro. Uma das minhas preferidas para o pe­ríodo outono-inverno é justamen­te uma espécie conhecida por sua resistência ao frio: a Laelia anceps, a mais conhecida e co­lecionada das Laelias mexicanas (as outras são: Laelia albida, Laelia autumnalis, Laela goudiana, Laelia furfuracea, Laelia superbiens, Laelia speciosa, Laelia bancalarii e Laelia rubescens). A Laelia anceps é também uma das mais fáceis de cultivar.

    Possuindo clones de boa for­ma e. grande variedade de colo­rido, é de se estranhar que não seja mais colecionada. Imagino que a causa seja a falta de oferta de plan­tas de qualidade à venda. Poucas são também as ofertas de "seedlings" e meristemas no mercado nacional. Fica aqui o desafio aos produtores nacionais para que trabalhem mais com a Laelia anceps.

    O clima nas regiões do México onde a Laelia anceps vegeta, é se­melhante ao clima dos estados do Sul do Brasil, com o verão quente e chu­voso e inverno frio e seco na maior parte do tempo. Isso explica a facili­dade de cultivo dessa espécie no Sul do Brasil.

    No México a Laelia anceps ocor­re ao Sul do país, desde a costa les­te, no Golfo do México, até a costa oeste, no Pacifico.

    A Laelia anceps possui apro­ximadamente o seguinte regime de crescimento: após o período de des­canso da floração, na primavera e verão surgem novos brotos que cres­cem com o calor e as chuvas dessas estações.

    Assim que o tempo começa a es­friar, as hastes florais começam a crescer e são um espetáculo à parte pois algumas plantas possuem has­tes com até um metro de comprimen­to fazendo concorrência em ta­manho com as Phalaenopsis. O comprimento da haste floral de­pende do clone e do estado cul­tural da planta, variando bastan­te, mas quase sempre ao redor de 60 cm.

    L. anceps subsp. dawsonií "Floripa"


    L. anceps var. rubra “CarlosGomes”


    Entre o fim do outono e co­meço do inverno, as flores, em número de 1 a 5 em cada haste floral, começam a abrir, fornecen­do um lindo espetáculo, balan­çando com a menor brisa. Após a floração a planta entra em pe­ríodo de repouso e reinicia-se o ciclo.

    As flores da Laelia anceps variam de 6 a 12 cm de tama­nho, possuindo de modo geral boa armação (pétalas e sépalas no mesmo plano).

    As sépalas variam de 1 a 2 cm de largura enquanto as péta­las podem chegar até 4 cm nos melhores clones. O labelo enco­bre a coluna e varia de 1 a 2 cm de largura.

    Quanto ao colorido, temos a va­riedade alba, com pétalas e sépalas brancas e labelo também branco mas com uma mancha amarela pe­netrando o tubo. Existe uma grande variedade de flores, descritas na li­teratura, em que as diferenças são a quantidade, o tamanho e a cor das veias que penetram o labelo, enquan­to o resto da flor é de cor branca.

    Quer nos parecer que sejam to­das albas, mas o orquidófilo exigen­te pode pesquisar na literatura reco­mendada.

    Da mesma forma, ocorre com a variedade semi-alba (pétalas e sépalas brancas e labelo colorido). Há uma grande quantidade de des­crições de plantas cuja única diferen­ça é a quantidade e posição da cor lilás no labelo. Varia de uma leve mancha lilás pequena até todo o labelo púrpura escuro. Do mesmo modo, quer nos parecer que são to­das semi-albas. Um bom exemplo é a conhecida Laelia anceps semi-alba "Sanderiana" .

    A cor predominante da Laelia anceps é o lilás que define a varie­dade "tipo", apresentando-se do li­lás claro até o mais escuro. Uma das melhores é a poliplóide "Mendenhall". O orquidário Carter & Holmes, dos EUA, fez uma autofecundação dessa planta que produziu flores espetaculares! Nós possuímos quatro clones desse cruzamento, todos de alta qualidade. Aqui são mostradas a “Lapurpurata” e a “Bárbara”.

    Existe também uma variedade rosada em que pétalas, sépalas e labelo são rosa suave.

    A variedade cerúlea (ou caerulea) possui pétalas e sépalas brancas ou levemente azuladas e labelo azulado, no conhecido tom cerúleo. É uma belíssima variedade e apareceu a poucos anos em culti­vo. Felizmente já existem alguns clones à venda o que possibilita cru­zamentos interessantes. Um dos mais belos clones dessa variedade chama-se "Elizabeth Eyes", home­nagem à cor dos olhos da atriz Elizabeth Taylor.

    Uma autofecundação desse clone produziu as melhores cerúleas conhecidas. Uma delas é a nossa “Jaqueline”.

    Uma outra variedade (na verda­de só conheço uma planta) é a cha­mada var. roeblingeana, uma flor pelórica que corresponde a nossa Cattleya intermedia var. aquinii. É uma planta muito bonita que possui as pétalas transformadas em Iabelo (trilabelo) e cujo potencial para cru­zamentos é enorme, permitindo a produção de novas variedades.

    Por último, a variedade que con­sidero a mais bela e perfeita sob o ponto de vista de orquidófilo: a variedade flâmea. Ela possui pétalas de cor li­lás e sépalas no mesmo tom, mas o colorido vai ficando mais forte em direção ao ápice das pétalas dando um efeito dramático.

    Em 1993, Soto Arenas, orquidólogo mexicano, propôs uma nova classificação da Laelia anceps, baseada nas diferenças en­tre as plantas do lado do Golfo do México e aquelas do lado do Pacífico.

    As plantas da costa leste foram denominadas Laelias anceps subespécie anceps e as da costa oeste Laelias anceps subespécie dawsonii. A subespécie dawsonii foi dividida em duas: a forma dawsonii e a forma chilapensis. A subespécie anceps é a mais conhecida com flo­res comuns em forma e colorido. Grande sensação mesmo são as plantas das subespécies dawsonii e chilapensis. Na primeira estão as mais belas semi-albas, com pétalas largas e redondas de branco puro e Iabelo colorido. A segunda, chilapensis, descoberta no estado de Guerreiro, possui plantas espetacu­lares, flâmeas, redondas, de excep­cional beleza.

    Com o aparecimento de clones poliplóides e das "Guerreiro", como são mais conhecidas as chilapensis, abriu-se um caminho muito promis­sor para cruzamentos, visando a obtenção de plantas de novas varie­dades e de qualidade superior. Uma vantagem adicional da Laelia anceps, é a facilidade no cultivo de "seedlings", já que se desenvolvem com grande facilidade e crescem muito bem no nosso clima. Temos feito diversos cruzamentos e estamos muito satisfeitos com a rapidez com que as plantas se desenvolvem. Em breve estaremos mostrando os resul­tados que, temos certeza, serão dos melhores.


    Bibliografia consultada e recomendada:

    1. Halbinger, Federico. 1993. Laelias de Mexico. Asociacion Mexicana de
    2. Orquideologia. Mexico D.F. MEXICO.
    3. Bechel, Paul G. 1990. The Laelias of Mexico. AOS Bulletin Dec. 1990. Flo­rida - USA.
    4. Croker, Gene. 1990. Desirable Polyployd Laelia anceps From Tissue-cultured Populations. AOS Bulletin Dec. 1990. Florida - USA
    5. Rose, James. 1987. Laelia anceps ­The Real Treasure of the Sierra Ma­dre. AOS Bulletin Dec. 1987. Florida - USA.
    6. Stewart, Joyce. 1987. Early 'Varieties' of Laelia anceps.. AOS Bulletin Dec. 1987. Florida - USA.
    7. Diversos. 1990. Awards Quarterly vol. 21. AOS Bulletin 1990. Florida – USA

    Carlos Gomes
    Floripa-1997

    OrquidaRIO Carlos Gomes


  • Meu bulbophyllum lobbii floriu!
    Estou muito feliz, pois hoje meu bulbophyllum floriu, minha orquídea número 10.
    É muito exótico se comparado às BLC e as LCs mais comuns nas coleções e nas floriculturas. Mas, estou me acostumando a gostar do meu bulbophyllum, aliás me foi presenteado pelos meus amigos de Ibiúna, o Marcelo e a Eliana. Ele tem característiscas muito interessantes. Fui aos livros e vi as informações sobre ele. Eí-las:

    Bulbophyllum lobbii

    Origem: Asia
    Dimensões da flor: 7 x 11 cm
    Haste floral: 12 cm
    Altura da planta: 25 cm
    Época de floração: o ano todo
    Sombreamento: 50%
    Temperatura: 10 a 35ºC


    fonte: Orquídeas: Manual Descritivo-Vol.1 - AOSP

    E aqui vai a foto do meu...



    Gostaria muito de receber informações sobre os bulbophylla (pl. em latim - neutro da 2a declinação - é isso?). Mas quando vi os outros bulbophylla ai eu assustei, são flores muito curiosas, exóticas! Será que são muitas espécies desse gênero? Li que são mais de 1000, será verdade? Será 1000 naturais ou híbridas também. Em que região da Ásia elas dão? Fiquei muito curioso com o jeitão delas. Como um doutor Pardal, acho que um cruzamento de bulbophyllum e cattleya geraria uma aberração... ou estou errado? Pelo menos, a minha não exalou nenhum odor ruim. Ainda bem, senão não começaria, eu teria que deixá-la lá fora.

    Abraços
    Adonis



  • Walkeriana perdida!
    Perdi minha Walkeriana por um descuido!
    Estou chateado...





  • Uma dúvida...
    Gente, comprei essa orquídea, que realmente não sei classificar.
    Seria uma Catlleya Laelia?



  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    :a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t