segunda-feira, setembro 26, 2011


Confira dez passeios de barco por mares, rios e lagos


Marcadores:
Barcos são muito mais do que um simples meio de transporte. Além de levarem você de um ponto a outro, são um jeito diferente para conhecer alguns dos lugares mais belos do mundo, navegando pelas águas de rios, lagos e oceanos.

A Lonely Planet escolheu 10 das melhores viagens de barco, confira!

1) Fiordes da Noruega

Fiordes da Noruega:  Por mais de um século, os lendários ferry boats Hurtigruten têm ligado as numerosas cidades litorâneas da Noruega. Durante todo o ano, onze modernos ferry boats partem da cidade de Bergen, no sul do país, até Kirkenes, na outra ponta do litoral. O trajeto total dura onze dias e passa por praticamente todo o litoral norueguês, parando em 34 portos e percorrendo os fiordes com paisagens incríveis  Foto: Frithjof Fure/Divulgação

Por mais de um século, os lendários ferry boats Hurtigruten têm ligado as numerosas cidades litorâneas da Noruega. Durante todo o ano, onze modernos ferry boats partem da cidade de Bergen, no sul do país, até Kirkenes, na outra ponta do litoral.

O trajeto total dura onze dias e passa por praticamente todo o litoral norueguês, parando em 34 portos e percorrendo os fiordes com paisagens incríveis. Você pode decidir seu roteiro e se maravilhar com vistas impressionantes, ver a aurora boreal e conhecer vilarejos medievais.

2) Baía de Halong, Vietnã

Baía de Halong, Vietnã: A baía de Halong, no norte do Vietnã, tem mais de 3 mil ilhas e ilhotas desertas e preservadas, criando um visual único. Mais de trezentos barcos esperam turistas no porto de Bai Chay, com tours de oito horas percorrendo os lugares mais bonitos da baía, parando para percorrer ilhas e praias  Foto: stock.xchng/Divulgação

A baía de Halong, no norte do Vietnã, tem mais de 3 mil ilhas e ilhotas desertas e preservadas, criando um visual único. Mais de trezentos barcos esperam turistas no porto de Bai Chay, com tours de oito horas percorrendo os lugares mais bonitos da baía, parando para percorrer ilhas e praias de um lugar que faz parte do Patrimônio Mundial da Humanidade segundo a UNESCO.

3) Amazonas, Brasil

Amazonas, Brasil: Desde sua nascente, no Peru, até desembocar em Belém do Pará, o rio Amazonas tem mais de 6 mil quilômetros. Diferentes tipos de embarcações fazem trajetos pelo maior rio do mundo, desde cruzeiros de luxo até barcos comuns onde você dorme em uma rede durante vários dias  Foto: stock.xchng/Divulgação

Desde sua nascente, no Peru, até desembocar em Belém do Pará, o rio Amazonas tem mais de 6 mil quilômetros. Diferentes tipos de embarcações fazem trajetos pelo maior rio do mundo, desde cruzeiros de luxo até barcos comuns onde você dorme em uma rede durante vários dias. Entre Manaus e Belém a viagem dura cinco dias, passando por trechos de selva e pequenos vilarejos à beira do rio.

4) Rio Franklin, Tasmânia

Rio Franklin, Tasmânia: No coração da selva da Tasmânia, o rio Franklin corre em meio a uma densa vegetação. A viagem, que dura cerca de 10 dias, é recomendada apenas para viajantes com boa experiência em rafting, e deve ser realizada entre os meses de dezembro e março. O trajeto é difícil, mas garante a visita de lugares muito especiais, com cachoeiras e cavernas  Foto: stock.xchng/Divulgação

No coração da selva da Tasmânia, o rio Franklin corre em meio a uma densa vegetação. A viagem, que dura cerca de 10 dias, é recomendada apenas para viajantes com boa experiência em rafting, e deve ser realizada entre os meses de dezembro e março. O trajeto é difícil, mas garante a visita de lugares muito especiais, com cachoeiras e cavernas.

5) Parque provincial de Quetico, Canadá

Parque provincial de Quetico, Canadá: Percorrendo as águas do parque provincial de Quetico de caiaque e acampando, você poderá se maravilhar com paisagens e animais selvagens, escolhendo entre os mais de 1,5 mil km de percursos possíveis  Foto: stock.xchng/Divulgação

Remar nas águas límpidas dos lagos do estado de Northern Ontario é viver o melhor da natureza do Canadá. Percorrendo as águas do parque provincial de Quetico de caiaque e acampando, você poderá se maravilhar com paisagens e animais selvagens, escolhendo entre os mais de 1,5 mil km de percursos possíveis.

6) Remansos de Kerala, Índia

Remansos de Kerala, Índia: A província indiana de Kerala, no sudoeste do país, tem belas praias no litoral do Oceano Índico. Mas são os remansos de Kerala que permitem explorar uma rede de lagoas, lagos, rios e canais em canoas de madeira. Há tours de várias horas entre cidades  Foto: stock.xchng/Divulgação

A província indiana de Kerala, no sudoeste do país, tem belas praias no litoral do Oceano Índico. Mas são os remansos de Kerala que permitem explorar uma rede de lagoas, lagos, rios e canais em canoas de madeira. Há tours de várias horas entre cidades.

7) Milford Sound, Nova Zelândia

Milford Sound, Nova Zelândia: Não é preciso passar muito tempo no local para entender o porquê de sua fama. Vales espetaculares cobertos de vegetação se encontram com as águas de uma antiga geleira. As águas de Milford Sound podem ser percorridas de caiaque ou em cruzeiros que duram cerca de duas horas  Foto: stock.xchng/Divulgação

O Milford Sound é o fiorde mais famoso da Nova Zelândia, na ilha sul do país. Não é preciso passar muito tempo no local para entender o porquê de sua fama. Vales espetaculares cobertos de vegetação se encontram com as águas de uma antiga geleira. As águas de Milford Sound podem ser percorridas de caiaque ou em cruzeiros que duram cerca de duas horas.

8) Ilhas gregas

Ilhas gregas: Com mais de 1,4 mil ilhas, a Grécia tem um litoral maior do que qualquer outro país da Europa. Vale a pena conferir algumas destas ilhas, com paisagens variadas entre os diferentes arquipélagos, como as Cíclades ou Santorini  Foto: VisitGreece/Divulgação

Com mais de 1,4 mil ilhas, a Grécia tem um litoral maior do que qualquer outro país da Europa. Vale a pena conferir algumas destas ilhas, com paisagens variadas entre os diferentes arquipélagos, como as Cíclades ou Santorini.

Além dos numerosos cruzeiros, é possível percorrê-las decidindo seu próprio roteiro, com ferry boats e barcos que ligam muitas delas.

9) Baía de Disko, Groenlândia

Baía de Disko, Groenlândia: Não há outro jeito de deslizar entre os imponentes icebergs dos fiordes da baía de Disko, na Groenlândia, do que de barco. Na cidade de Iulissat, numerosos operadores oferecem cruzeiros a bordo de embarcações  bem equipadas  Foto: Ilovegreenland/Divulgação

Não há outro jeito de deslizar entre os imponentes icebergs dos fiordes da baía de Disko, na Groenlândia, do que de barco. Na cidade de Iulissat, numerosos operadores oferecem cruzeiros a bordo de embarcações bem equipadas.

10) Ilhas Galápagos, Equador

Ilhas Galápagos, Equador: Embarcar nas ilhas Galápagos, a cerca de 1 mil km do litoral do Equador, é ter a certeza de ter uma experiência inesquecível. Além da beleza das paisagens, o arquipélago tem uma biodiversidade única, com animais como leões marinhos, tartarugas e pinguins, e existe grande número de cruzeiros, de alguns dias a várias semanas, explorando este lugar mítico  Foto: Jaime Borquez/Divulgação

Embarcar nas ilhas Galápagos, a cerca de 1 mil km do litoral do Equador, é ter a certeza de ter uma experiência inesquecível. Além da beleza das paisagens, o arquipélago tem uma biodiversidade única, com animais como leões marinhos, tartarugas e pinguins, e existe grande número de cruzeiros, de alguns dias a várias semanas, explorando este lugar mítico.




0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t