quinta-feira, maio 31, 2012


Escolha o material mais adequado para montar o seu deck


Marcadores: ,

 deck com piscina e poltrona de fibra

Originalmente o deck é um espaço revestido em madeira que compõe a área externa dos imóveis. Para quem não sabe, este tipo de ambiente foi inspirado no convés dos navios. Um deck é composto de uma plataforma feita com tábuas para circundar piscinas, espelhos d'água e áreas de jardim.

A aparência de madeira é sempre o acabamento preferido, mas atualmente, principalmente por conta da manutenção exigida pela madeira, outros materiais foram desenvolvidos para a construção do deck. "Existem aqueles que utilizam as peças sintéticas para minimizar a manutenção. Ou seja, a utilização destas peças que imitam madeira é indicada para situações onde a manutenção não poderá ocorrer".

Tem quatro tipos de materiais, além da madeira, que podem ser usados para montar um deck: madeira ecológica, bambu, cerâmica, porcelanato e PVC. A seguir, saiba mais sobre as indicações, vantagens e desvantagens de cada um.

Bambu

O bambu é uma gramínea que ao ser usada como revestimento na construção civil se torna mais resistente do que a própria madeira, graças à quantidade de fibras em sua composição. Além de manter fielmente o aspecto de madeira pretendido em decks, os pisos de bambu causam menos impacto ambiental do que os de madeira. Isso porque o bambu cresce mais rápido do que uma árvore, que demora décadas para alcançar a maturidade, e é uma espécie que se reproduz sozinha, sem a necessidade de replantio.

A vantagem do bambu é a durabilidade, além da necessidade de manutenção ser menor e menos frequente do que na madeira. O piso de bambu pode ou não ter frisos, responsáveis por deixar as peças menos escorregadias.

Deck de madeira plástica

Madeira Ecológica

A madeira ecológica é um material conhecido no mercado como WPC. Ele é composto por 90% de plástico reciclado e por 10% de serragem de madeira. O WPC é rugoso, o que permite a característica antiderrapante importante para revestimentos próprios para área externa, e tem cheiro de madeira. A paisagista comenta que a madeira plástica não demanda manutenção e custa o mesmo preço ou um pouco mais do que a madeira convencional. Assim como a madeira, o WPC é vendido em placas e deve ser instalado por marceneiros.

A madeira plástica e a madeira ecológica são diferentes. De acordo com Peter Hobson, da TotallGreen, empresa do ramo de madeira plástica, este produto geralmente é feito com 100% de plástico, mas também pode ser composto por até 30% de fibras naturais recicladas, como o algodão. O deck na imagem acima foi construído com madeira plástica.


"As placas feitas com resíduo de madeira natural e plástico são resistentes à água, não necessitam de manutenção, não soltam farpas, não são suscetíveis a cupins e não mofam".

Porcelanato que imita madeira

Porcelanato

A indústria de porcelanato tem investido na criação de peças com acabamentos que imitam a aparência de produtos naturais, como mármore e madeira. A imagem acima é do modelo Deck Eucalipto Autoclavado Pátina, da Portobello. É preciso ter cuidado ao escolher este tipo de material para o deck. "A escolha deste tipo de material deve ser feita com muito cuidado, uma vez que geralmente os decks são áreas molhadas e nem todas as peças que imitam madeira são indicadas para tal uso".

No caso do porcelanato, a reprodução da aparência de madeira é tão precisa que apenas tocando o piso é possível perceber que o revestimento não é a madeira convencional. Para uso em áreas externas, no entanto, ela destaca que este tipo de cerâmica esquenta mais do que o comum em contato com o sol, por isso é mais indicada para decks que serão compostos por móveis para acomodar as pessoas.

Cerâmica

A vantagem de se optar pelas cerâmicas que imitam madeira é que, por serem compostas de barro, apresentam uma temperatura mais próxima da madeira. Elas podem ser encontradas em vários tamanhos no mercado, além de existirem peças que apresentam bastante rugosidade, ou seja, são antiderrapantes. Apesar de praticamente não demandar manutenção é necessário que antes de instalar a cerâmica seja feito um contrapiso na área que servirá como deck, enquanto a madeira pode ser colocada acima de ripas diretamente sobre a grama. Por isso, apesar do material em si ser mais barato do que a madeira, o custo da instalação e mão de obra pode elevar os gastos da montagem do deck. O mesmo vale para o porcelanato.

Deck modular de madeira sendo instalado

PVC

O PVC é um plástico que também vem sendo usado para vários fins na construção civil.Assim como a madeira ecológica e a madeira plástica, este material é resistente à água, a cupins e ao mofo, além de não soltar farpas e não exigir manutenção. "Estes produtos são relativamente novos no mercado e a proposta é muito boa. Todos os produtos ecologicamente corretos devem ser priorizados em novas obras".

O PVC, no entanto, não produz visualmente a aparência da madeira e é preciso conter frisos para a aplicação em decks, já que é um material escorregadio. Outro cuidado é não instalá-lo nas proximidades de lareiras e churrasqueira, já que ele pode derreter ou sofrer deformações com a alta temperatura. Para Daniela, a vantagem é a durabilidade "quase eterna" do PVC e a não exigência de manutenção. Ela também comenta que este material é indicado para locais muito úmidos, onde o solo costuma ficar encharcado após as chuvas, e onde outros materiais não resistiram.

Deck modulares

O diferencial dos decks modulares não é o material, mas a forma de instalação. Eles são removíveis e encaixáveis, o que garante uma montagem rápida e limpa. As arquitetas comentam que esse tipo de piso é mais indicado para compor decks em pequenos espaços e varandas de apartamento, pois pode ser assentado sobre a cerâmica ou outros tipos de revestimento sem danificá-los.
"Estes decks são ótimos para varandas de apartamento ou jardins internos, pois dispensam obra, são relativamente baratos e qualquer um compra, leva para casa e monta seu espaço no jardim. Hoje eles estão disponíveis em várias madeiras, inclusive as menos nobres, mas que para esses usos podem receber verniz tonalizante e ter um bom resultado estético".

Os pisos modulares são uma boa opção para quem quer instalar um deck necessariamente de madeira em uma área que já tem contrapiso. Para instalar o piso de madeira convencional, neste caso, seria necessário remover o contrapiso, o que não é exigido pelo piso modular. "Se for colocado sobre terra, o chão precisa estar muito bem nivelado porque o deck modular se coloca como um tapete sobre a superfície".

Dicas BBEL Um estilo de vida

Para quem está pensando em construir, assim como eu, essa matéria é muito interessante.



1 comentários:

Sandro Souza disse... [Responder Comentário]

EEspero ajudar com esta mensagem para este blog que acompanhamos a um bom tempo,com esta grande novidade de deck. DECK DE MADEIRA WPC, a beleza da madeira SEM NECESSIDADE DE MANUTENÇÃO,para área externa e ao redor de piscina. Indicado para obras de alto padrão. Fornecedor de construtotras e venda para consumidor final.Entregamos e instalamos em todo Brasil.Nosso site é http://www.wpcdobrasil.com.br ,deck para piscina,madeira ecologica,sustentavel,ecologicamente correto,piso para piscina, itauna camuru deck rio preto são josé do rio preto sp pastilha moderno. Abraço

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t