domingo, julho 29, 2012


Reforce a imunidade no inverno com mel e derivados


Marcadores: ,

Geleia real, mel, pólen e própolis: quatro remédios naturais capazes de fortalecer seu organismo

Conteúdo do site ANAMARIA

As baixas temperaturas do inverno estressam o sistema imunológico. Nesta época, o apetite por frutas e verduras também diminui, já que, para reter energia e manter a temperatura, o corpo “pede” alimentos calóricos e pesados. Tem mais: para nos aquecer, ainda costumamos ficar em lugares fechados e com pouca ventilação. Tudo isso nos torna mais suscetíveis a pegar gripes, viroses e infecções. Mas dá para aproveitar a estação com saúde, tirando proveito dos benefícios de remédios naturais provenientes das abelhas, como mel, pólen, própolis e geleia real. Esta última, por exemplo, é rica em proteínas e vitaminas e tem ação anti-inflamatória: “Usada como complemento alimentar, ela reduz o cansaço, fortalece as defesas do corpo e combate infecções”, diz a nutricionista Thais Souza.

Saiba mais sobre o bem que esses produtos fazem e aprenda como usá-los a seu favor:

Mel: um doce medicamento
Fornece energia ao corpo, graças à alta taxa de açúcar. Ainda é um excelente antisséptico e antibiótico. Não deve ser fervido para não perder suas propriedades. Pode ser consumido puro, em sucos, vitaminas e frutas.

Conheça três tipos de mel e suas indicações
1. De flor de eucalipto: é recomendado para combater doenças respiratórias. Alivia a tosse e os sintomas de resfriados, bronquite, sinusite e dores de garganta.

2. De flor de laranjeira: acalma, alivia a insônia, regula o intestino e previne cãibras.
3. De flor do campo: combate as toxinas e regula o intestino.

Como escolher
- Prefira o produto cristalizado. Se ele for muito líquido, tem mais água do que deveria. E isso pode significar que foi adulterado ou mal processado.
- Use o poder do olfato. Você tem que sentir  o cheiro característico. Por exemplo, se o mel é de flor de laranjeira e você desconfiar do odor, compre em outra loja.

Pólen: das flores para a mesa
Pequeno grão rico em proteínas que as abelhas colhem das flores e cujo valor nutricional é reforçado pela saliva do inseto (cheia de enzimas e vitaminas), usada para transportá-lo. É um excelente complemento alimentar, principalmente para atletas e idosos com perda muscular. Aumenta os anticorpos e protege contra asma e alergia. Regula o intestino e combate o envelhecimento. Fonte de cálcio, deixa ossos e dentes fortes. Pode ser consumido puro, usado no preparo de pães e bolos, ou adicionado a sucos, frutas e saladas. Basta uma colher (sopa) por dia.

Como escolher
- A embalagem deve ter o registro do Serviço de Inspeção Federal (SIF) e estar bem vedada. Isso impede a passagem de umidade, que propicia a contaminação e sua deterioração. Os grãos também devem estar crocantes e soltos.

Própolis: como um antibiótico
Feito a partir de resinas de árvores, além de enzimas e secreções salivares das abelhas, é rico em flavonoides. Essas substâncias elevam a produção de anticorpos e atuam como cicatrizantes
e “antibióticos naturais” contra tosse e inflamações na garganta. O propólis pode auxiliar também no tratamento de incontinência urinária e combater a placa bacteriana nos dentes. Mas atenção: compre
apenas os produtos que são registrados pelo Ministério da Agricultura.

Como consumir
Em solução alcoólica: dilua em água, leite, suco ou mel. São 15 gotas da solução em ½ copo de uma dessas bebidas ou em 1 colher de mel. Para adultos, de 3 a 6 vezes por dia. Para crianças, use metade da dose, de 2 a 5 vezes ao dia. Crianças e grávidas devem usar extratos sem álcool.
Em spray: Aplique direto na boca e na garganta, várias vezes por dia.

Geleia real: um poderoso complemento alimentar
As abelhas transformam o pólen dentro do seu organismo nesse alimento (pasta esbranquiçada com sabor picante). Ele contém vitaminas, proteínas, sais minerais e aminoácidos e costuma ser usado como complemento alimentar. Dá energia, protege a memória, controla o colesterol, combate cansaço, anemia, prisão de ventre, infecções, sintomas da menopausa, envelhecimento precoce, gripes e resfriados.

Como consumir
Pode ser consumida pura, em jejum, ou misturada ao mel na proporção de 10 g para cada quilo de mel. Tome doses diárias de ½ g da mistura final.




1 comentários:

JAQUELINE MARQUES disse... [Responder Comentário]

Meu pai sempre fala dos benefícios do mel, a gente não pode ter um resfriado que ele já vai receitando umas colheradas, rsrsrs, e é verdade...

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t