terça-feira, junho 24, 2014


Esclarecimentos e apresentação do amor da minha vida


Marcadores: , ,
Oi meninas,

Este post é um pedido de desculpas pra vocês pelo blog ter ficado tanto tempo parado, vim esclarecer o motivo, sei que vocês vão entender e muitas já sabem o por que... o nascimento do amor da minha vida minha filha, apresento-lhes a Sofia Lorena, a princesinha mais linda do mundo:

Sofia Lorena com 2 meses e meio

Não era minha intenção deixar o blog meses e meses parado, mas aconteceu meio que naturalmente, quem já é mãe entende, não tinha a verdadeira ideia o que era ser mãe, que isso nos toma 24 hs do dia, 7 dias na semana, o quanto prazeroso era ser mãe. Quis me dedicar 100% a minha filha, não quis me dividir entre ela e blog ou trabalho, e foi a melhor decisão que tomei, esta sendo uma experiência incrível, mágica e única.

Vou contar pra vocês como foi o parto...

Diferente de tantas mulheres que conheço e que desde os primeiros meses de gravidez já decidem que darão à luz seus filhos por cesárea pois sentem medo da dor do parto normal, eu sempre morri de medo de cesárea. Tenho pavor de cirurgia e a ideia de me cortarem a barriga no meio pra puxar um bebezinho me parecia bruta demais. Quatro meses depois de passar por uma e já estar totalmente recuperada, venho contar minha impressão sobre essa experiência, a qual foi uma cesárea muito humanizada.

A Sofia quis nascer antes do previsto, era pra ser dia 22/02/14, ai dia 14/02 tinha consulta de rotina, fiz meu pré-natal numa cidade vizinha Pato Branco/PR, da uma hora de carro, então fomos tranquilos, eu só tinha esperança que com a mudança de lua que tinha naquele dia, tivesse influenciado pra Sofia virar pois ela ainda estava sentada, e como queria um porta normal humanizado o mais natural possível, com o Dr Igor Chiminacio, precisava que ela virasse, pois meu médico não faz parto pélvico (bebê sentado).
Então chegando na consulta o médico constatou que eu estava em trabalho de parto e que teria que fazer uma cesárea naquele dia mesmo, me desesperei rsrs, mas se precisava teria que ser feito né, minha filha queria nascer e nessa hora fazemos o que é melhor pra eles no momento. Ainda bem que eu tinha muita confiança no meu médico e que tenho um marido maravilhoso que me deixou super tranquila. Mas como não estávamos esperando, meu marido teve que voltar para casa buscar as malas minhas e da bebê, me deixou no hospital chorando, pois seria aquele o dia que veria o rostinho da minha filha, o dia que esperei tanto. Então começou as contrações, que pra minha surpresa não doíam nada, só sentia endurecer a barriga, até a hora do parto já estavam de 5 em 5 minutos e nada de dor, acho que porque a bolsa não havia rompido. Esperamos até 19:45, pois meu marido queria assistir nossa filha nascer, meu marido chegou, me deram anestesia, foi a pior parte de tudo, e as 20:07 escutei o chorinho mais lindo do mundo, até hoje lembro daquele chorinho gritado, estridente e do cheirinho gostoso da minha bebê, meu coração disparou e meus se encheram de lágrimas, papai nem conseguiu tirar a primeira foto da Sofia pois estava emocionada também.
A Sofia nasceu de 39 semanas, cheia de saúde, pesando 3380kg e 49 cm, assim que ela nasceu soltaram meus braços, colocaram ela em cima de mim pra que eu pudesse conhece-la, a cara do pai rsrs, ficou ai uns 5 minutos, os melhores 5 minutos daquele dia, a pediatra, muito atenciosa por sinal, levou a Sofia, meu marido pode acompanha-la, a Sofia foi limpada, pesada, medida, vestiram e aqueceram ela por uns 5 minutos e depois foi direto pro colo do papai que foi me mostrar ela mais um pouquinho e não desgrudou dela mais nem um segundo, uma hora depois, até me fecharem, passar a anestesia e chegar no quarto, já pude amamentar.
Passei a noite toda com ela no peito com ajuda do marido, mesmo que não tinha leite. No outro dia já levantei sozinha, tomei banho com ajudinha do marido, a Sofia nasceu as 20:07 de sexta e no domingo as 11hs já tivemos alta.
Não tive um parto normal humanizado, mas posso dizer que minha cesárea foi humanizada, respeitaram todos nossos desejos, fomos tratados super bem por todos, não tenho nada do que reclamar.
Minha recuperação foi ótima, não senti dor nenhuma, consegui cuidar sozinha da bebê desde do primeiro dia.
A Sofia desde que nasceu só saiu de perto de nós nos 2 primeiros banhos, dali em diante nunca mais fiquei longe dela. Ela sempre foi muito calma, tranquila, teve cólica até os 20 dias, era o dia todo de cólica, ai descobri o suquinho milagroso de beterraba e ela nunca mais teve cólica (fica a dica), nunca passou uma noite acordada (mamãe e papai agradecem rsrs), desde dos 2 meses dorme de 6 a 8 hrs direto. Agora com 4 meses e meio esta cada dia mais esperta, só mama no peito, está com 5600kg e 64 cm, é muito risonha, da gargalhadas quando mexemos com ela, mas é bem seletiva, só ri pra quem gosta mesmo de alguém, pede "mammm" quando tem fome, é conversadeira, desde dos 3 meses tem coceira na gengiva e agora com 4 meses anda irritada com isso, já gira e ensaia engatinhar, adora uma bagunça com o papai, mas é um grude com a mamãe, é pura gostosura.
A Sofia  já era real desde o dia em que foi concebida, mas naquele dia ela se tornava concreta na minha vida e eu sabia que dali para frente nada mais seria igual. Assim foi o dia mais feliz da minha vida, o dia em que meu coração parou de tanto amor. Foi imediato, intenso, lindo, um momento que jamais sairá da minha memória e registros sobre a vida. O dia em que me tornei mãe e conheci a razão da minha vida.


Sofia Lorena com 4 meses e 5 dias

Meninas agora o blog vai começar a ficar movimentado, vou voltar aos poucos com a postagens, log trago o resultado do sorteio que está pendente, espero que continuem acompanhando o blog.
Bjos e até o próximo post.


2 comentários:

neri disse... [Responder Comentário]

Que DEUS abençõe vc e sua familia cada dia mais.Eu tenho um casal de filhos,o primeiro nasceu de parto normal a minha filha nasceu de cesaria,porque eu operei,tive algumas complicações,mais compensou tudo,meus filhos são benções de DEUS na minha vida.Os filhos são herança do Senhor,
uma recompensa que ele dá. Como flechas nas mãos do guerreiro
são os filhos nascidos na juventude. Como é feliz o homem
que tem a sua aljava cheia deles!
Não será humilhado quando enfrentar
seus inimigos no tribunal.
Salmos 127:3-5.

Claudia Uchoa disse... [Responder Comentário]

Meus dois filhos nasceram de cesáriana, não tenho dilatação e nenhum dos dois "encaixaram". Minha filha mais velha foi a primeira e sinceramente eu preferia cesária, mas, ela só nasceu mesmo de cesária pq não virou, se fosse parto normal os pés sairiam primeiro. Meu filho, encaixou o ombro e também na cesária da minha filha o médico constatou que eu tenho varizes uterinas (o nome não é esse, mas, assim dá pra gente "entender" um pouquinho melhor.) e eu não passo de quatro de dilatação. Entre os dois tive uma gravidez gemelar, coberta de problemas, hemorragias; por ordem médicas tinha que permanecer deitada e até pra tomar banho era sentada. Enfim, aos 6 meses e meio uma infecção e um dos meninos morreu; o que passei não desejo pra ninguém e essa foi minha experiência com o parto normal. Hoje, minha filha tem 22 anos e meu filho 15 e posso dizer que foram os maiores presentes que Deus me deu. Parabéns pela linda Sofia!

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t